Dia 02 de fevereiro – Irreversível (A postagem final)

Irreversível!!!!

E se algum detalhe  tivesse sido diferente? …

Se eu não tivesse feito capoeira

Ou aprendido com o Donizete a ver o mundo de cabeça pra baixo…?

Se e ele não tivesse aprendido capoeira com o Moraes, que aprendeu com João pequeno, que aprendeu com pastinha, que aprendeu com um africano….?

e e se a capoeira nunca tivesse existido?

E se eu não tivesse passado por  todos os problemas que passei 6 meses antes da viagem,

Ou se não tivesse sobrevivido às dificuldades

Ou se as coisas não tivessem sido tão difíceis?

E se eu tivesse crescido em berço de outro, e passado no inglês na primeira tentativa…

E se a Família Bunto não fosse Panafricanista e não tivesse me recebido como um filho mesmo sem me conhecer,

Ou a cultura africana não fosse tão receptiva

ou se os negros ao redor do mundo não tivessem se rebelado desde o primeiro traço de colonialismo, escravidão  e imperialismo…?

E se os anos de resistência não tivessem ensinado  este povo a ser unido independente da etnia, religião ou língua falada…

E se eu não cantasse rap no Brasil,

ou não gostasse de física quântica…

E se…

Maybe …

Se cada detalhe tivesse sido diferente…

Talvez eu não teria vindo

ou não teria conseguido sobreviver

Ou não teria feito tantos amigos

ou não teria sabido aproveitar as oportunidades

Ou não teria escrito este blog…

Se eu não tivesse fazendo tanta pergunta

E vc lendo…

Mas pra bem e pra mal

O TEMPO É IRREVERSÍVEL!!!!!!!!

E o melhor de saber disto,

é a consciência da responsabilidade com nossas ações no presente e daqui pra frente

Volto irreversivelmente outro homem, menino, angoleiro, ser humano

Dando graças a vida “por todas as dificuldades que passei…

Pela ajuda que tive

E carinhos que nos ajudam a vivenciar individualmente um pouco da própria humanidade socialmente construída:

Cair e seguir gingando

Chorar e seguir cantando

Sofrer e seguir amando

Viver e seguir lutando

Se reconhecendo no outro

Deivison Nkosi

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

6 respostas para Dia 02 de fevereiro – Irreversível (A postagem final)

  1. Candace disse:

    Oi Deivison,
    À essas alturas já deve estar de volta ao Brasil. Se minha memória não me engana, nos conhecemos há uns 7 anos atrás no Piauí, num encontro de hip-hop. Enfim… o fato é que eu estava procurando idéias na web para desenvolver com as crianças (4 a 7 anos) com quem trabalho. Estou fazendo isso por conta própria, pesquisando e inventando. Daí pensei em trabalhar os valores do Kwazaa e o google me trouxe até aqui.
    Estou comentando nessa postagem, mas li o blog todo. Parabéns pelas experiências e por compartilhar seus pensamentos e os links que fez entre o que aprendeu e o que já sabia.

    Bjs

    • deivisonnkosi disse:

      OI Roberta,
      agradeço pelo retorno. Esta viagem me ensinou muito sobre a terra mae, mas principalmente sobre nós mesmos.
      Fico feliz em saber que vc segue pesquisando e reinventando. precisaremos de muito perspicácia e criatividade para fazer valer na prática as prerrogativas da lei 10.639.
      Realmente, eu estive no Piauí a alguns anos, num encontro de hip hop. Vc também é envolvida com o hip hop?

      abraço

      • Candace disse:

        Oi,
        Demorei um pouco mas voltei.
        Então, sou envolvida com a cultura hip-hop sim. Apesar dos encontros e desencontros nas organizações, continuo fazendo meu corre. Na verdade não sou artista, produzo eventos e gosto de botar lenha na fogueira. Semana passada fizemos o “São Gonçalo in Rap”. Dá uma olhada nas fotos:

        Bruno e Tailane

        Tento não me prender tanto à lei 10.639 enquanto dispositivo legal e obrigatório. O trabalho que faço é mais no sentido de transformar em prática um pouco do que aprendi no ativismo com hip-hop e mov. negro. E que também não deixa de ser um trabalho de prevenção em saúde mental: apresentar as crianças à elas mesmas, ensinando coisas sobre elas que nossa sociedade racista esconde. Nós mesmos ensinarmos o que achamos que é importante saber, e não esperar uma lei que obrigue outras pessoas (que talvez nem estejam interessadas na mudança) a fazer isso.
        bj

  2. deivisonnkosi disse:

    Po da hora o evento, parabens pra vc e pra firma que colaram junto.
    Estive em Terezina na ultima semana participando do evento da rede nacional de relgioes afro e saúde, foi muito legal a atividade, pensei que te encontraria.
    muito legal voltar à Terezina depois de tanto tempo. Uma galera muito recptiva e atuante.
    bjos

  3. tabita disse:

    iae deivison!
    cheguei até aqui pela aruanda mundi, e agora voltarei sempre. estou lendo tudo devoradamente.
    que viagem maravilhosa! que experiência!…
    que inveja! (brincadeira, rs)
    beijo!

  4. tiago Catique disse:

    Cara estava pesquisando sobre esse mundo novo da capoeira quando cair nesse diario…muito bom ver esse seu texto fora que incentiva as pessoas a lçer eu ultimamente tenho lido ate bula de remedio. Muito bem e muito bom!fique orgulhoso por ter inspirado mais um dia na jornade desse que vos lhe escreve. Axé!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s